terça-feira, 30 de julho de 2013

Eu sumi totalmente do blog, mas uma coisa eu não posso mentir: Eu adoro escrever!
Como eu sinto saudades das minhas aulas de redação com a professora Thais no COC... O triste é pensar que esta escola nem existe mais.
Sei que vai ser mega clichê o que eu vou dizer, mas o tempo não voa, ele se teleporta! Eu comecei este blog quando estava no colegial, agora cá estou eu, no penúltimo ano da faculdade de Nutrição.
As coisas apenas vão acontecendo, tomando rédias em nossas vidas, e vão seguindo como se não houvesse amanhã, alias... E há o amanhã? É bem isso, agente nunca sabe, e acho que no fundo no fundo, apesar de eu não gostar de incertezas, esta é a verdadeira graça da vida. Se é que isso é uma vida né?! Vai saber se nós não estamos num mundo paralelo, onde todos os objetos e pessoas são criados com uma força não reconhecida. Eu viajo, eu sei!
De uma forma ou de outra estamos aqui, e não importa a idade que você tenha hoje, ou o que você esteja fazendo da vida, mas nunca perca a essência de ser exatamente quem você é. Digo isso, até com um pouco de lagrimas nos olhos, porque eu acho que eu perdi um pouco quem eu era, deixei partes de mim em lugares, coisas e principalmente... Em pessoas. Se relacionar é algo vital pro ser humano, nós necessitamos, porém para isso não é necessário que algo morra em você para tornar o outro mais feliz, pois a pessoa que estiver com você vai te amar pelos seus detalhes, coisas que fazem você ser tornar única para ela.
Depois de passar por um longo e transtornado relacionamento, agente para pra pensar no que estivemos fazendo esse tempo todo, porque não enxergávamos coisas obvias, que denunciavam que aquilo não daria certo. E bom, eu tive a resposta, algo morreu dentro de mim, algo cheirava podre, e eu mesma tinha feito aquilo... Foram necessárias muitas tardes de conversas com as pessoas mais amigas, sinceras e divertidas, para eu me recuperar, porém foi com elas que eu relembrei quem eu sou e quem eu não quero deixar de ser.
Para as pessoas que eu tenho imenso carinho e gratidão por tudo que já fizeram por mim.

Vou ficando por aqui, e jamais se esqueçam quem você é.